Turnover: o que é e como evitar a rotatividade na loja de materiais

19 maio 2022

De acordo com dados divulgados pela Zendesk, o Brasil possui a maior taxa de turnover, chegando a 82%, entre as empresas pesquisadas mundialmente. O turnover nada mais é do que a sigla em inglês para o nome dado à rotatividade de funcionários em uma empresa. Já a taxa de turnover se refere a medida, em porcentagem, da relação entre colaboradores admitidos e os que fazem parte da organização e aqueles que foram desligados. Mas como minimizar a rotatividade de funcionários dentro da loja de materiais?

Segundo pesquisa do Linkedin, as principais causas se estendem de forma generalizada no ambiente corporativo como maior parte da insatisfação dos colaboradores. Para Shurato Maciel, Psicólogo Responsável Técnico do Espaço Consciência Laboral, quando se fala de gestão humanizada para reter os colaboradores, não tem que ser apenas aquela de protocolo ou procedimento. Tem que fazer parte viva da cultura de uma organização na prática. “A gestão de punho de ferro não funciona mais na atualidade, o mercado de trabalho oferece diversas oportunidades”, ressalta. Ainda de acordo com o especialista, cabe à empresa olhar melhor a sua ferramenta de resultado mais importante: as pessoas. O Linkedin analisou milhares de perfis e estas foram as principais razões:

 

  1. Pouco espaço para crescer;
  2. Liderança ruim;
  3. Péssima cultura de trabalho;
  4. Falta de desafios;
  5. Salários baixos;
  6. Pouco ou nada de reconhecimento.

 

Fonte: “Global Job Seeker Trends: Why & How People Change Jobs” – Linkedin

 

Para Nina de Oliveira, psicóloga pela Unesp, especialista na gestão de pessoas e sócia-diretora da DNA Ideias e Soluções, consultoria parceira do Sincomavi-SP, algumas empresas desligam os funcionários porque elas têm a expectativa de que o profissional chegue pronto e que estar, de fato, dentro da empresa, já basta para ele ser vendedor – o que não é verdade, pois existe um período de aculturação que deve ser assessorado, afinal, as pessoas não se integram automaticamente e precisam ser tutoradas nesse processo. 

Para ela, é essencial que exista uma liderança para acompanhar e apoiar essa pessoa para verificar se ela está se dando bem com as atividades que exerce. “Agora se o desligamento do funcionário é por conta da empresa achar que ela não se adaptou, pode ser realmente uma falha da própria empresa”, ressalta. Essa situação gera um custo e gasto de tempo com um profissional que não está adequado para o cargo oferecido, mas pode se adequar a outro papel. “Por isso, é importante rever os processos e o perfil antes de começar a buscar, e ao encontrar é importante observar se a pessoa se adequa de fato à rotina da empresa”, complementa.

 

O que fazer para minimizar o turnover nas lojas de materiais de construção

 

Ainda segundo Shurato, independentemente do número de colaboradores, a organização tem que ter uma gestão de pessoas com olhar estratégico. “E amadurecer o olhar para os negócios, padrões e crenças limitantes iniciais devem ser rompidos, uma loja hoje não é somente uma loja”, orienta.

Uma loja de materiais de construção também é uma vitrine com a exposição dos materiais e de pessoas. “Os colaboradores motivados retém e fidelizam clientes, porém eles devem também estarem retidos, fidelizados e motivados”, complementa. Seguem algumas dicas e que, por vezes, é percebido como carência na gestão desse segmento:

  1. Investir na gestão de pessoas: a gestão de pessoas eficiente gera resultados positivos. Muitas empresas já entenderam que o setor de RH exerce um papel estratégico dentro de uma organização.
  2. Plano de carreira e benefícios para além do salário: é preciso aplicar outras medidas que possam ter valor além do monetário.
  3. Ofereça um ambiente de trabalho agradável, humano e acolhedor: investir em uma cultura positiva no local de trabalho traz resultados.
  4. Invista na comunicação clara, objetiva e com feedback: a liberdade de emitir opiniões no ambiente de trabalho é salutar e faz com que o colaborador se sinta valorizado.

 

Já para Nina, os benefícios oferecidos em uma empresa ou até mesmo em uma loja de materiais de construção precisam ir além do salário, pois fazem toda a diferença para se manter um profissional. “É importante que o valor monetário esteja de acordo com o mercado e também os benefícios que integram os salários”, alerta. Entretanto, é importante verificar se isso é possível de ser realizado dentro da empresa

Outro fator importante é realizar uma entrevista de desligamento para entender as reais razões que levaram ao desligamento  e considerar aquilo que foi escrito ali, pois toda resposta tem um fundo de verdade e ajuda a melhorar a nossa performance como empresa, além de minimizar a taxa de turnover, diminuindo a rotatividade na loja de materiais de construção.

Para minimizar o turnover em qualquer tipo de segmento, o ideal é realizar reuniões regulares para entender as dores e necessidades desse profissional. “Afinal, todo ser humano sente a necessidade de um ambiente justo, igualitário e imparcial, onde mesmo que existam conflitos eles sejam resolvidos sem favoritismo”, finaliza.

Leia também:

A importância dos indicadores de desempenho para o seu negócio

Deixe o seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdos relacionados

Gostou do conteúdo? Compartilhe!