faça você mesmo

Uma das tendências que ganham cada vez mais força entre as pessoas é o do conhecido DIY (do it yourself), ou o “Faça Você Mesmo”. A busca por itens, materiais e ferramentas para realizar atividades manuais, como montar e construir produtos de decoração até pequenas reformas e mudanças em casa, vem ganhando a atenção dos consumidores nos últimos anos.   De acordo com o José Maurício Conrado, Professor de Publicidade e Propaganda da Universidade Presbiteriana Mackenzie, DIY é uma tendência muito forte, por possuir um aspecto muito importante para a cultura contemporânea, que é o indivíduo.
Da instalação de uma prateleira para pequenas manutenções em casa, possuir suas próprias ferramentas pode salvar o seu dia, além de economizar tempo e dinheiro. Quando se fala de pequenos reparos ou modificações simples, como pregar um quadro na parede, ter os itens certos à disposição vão facilitar essas tarefas do cotidiano. Hoje em dia, não é preciso ser muito habilidoso para fazer pequenos reparos e tarefas simples. Os utensílios certos já ajudam a alcançar os objetivos desejados. Porém, quando falamos de serviços maiores e mais complexos, não se pode deixar de chamar um profissional qualificado