Revestimento 3D: vantagens de escolher esse acabamento para as paredes

Com tantas opções de revestimentos disponíveis no mercado, a escolha pela opção ideal para as paredes de uma residência, prédio ou comércio nem sempre é uma tarefa fácil. É possível encontrar placas cerâmicas, placas de madeira, pedras, tintas, resinas como a epóxi, placas metálicas, esses são somente alguns dos muitos modelos. Para trazer novidade e modernidade para as paredes, uma excelente alternativa são os revestimentos 3D.

 

Os revestimentos são elementos que provêm algumas propriedades como acabamento, estética, isolamento térmico, resistência mecânica e química, entre outros. A arquiteta e decoradora de ambiente, Silmara Lanatovitz, destaca que os revestimentos 3D têm uma função decorativa mais marcante, por esse motivo precisa ser muito bem planejado onde colocar, mas que trazem uma beleza e classe para o ambiente. 

 

Os benefícios do revestimento 3D

 

A arquiteta destaca as vantagens estéticas que o revestimento 3D proporciona para o ambiente como principal. “Ficam ótimos quando aplicados em paredes de hall social, uma parede importante do living ou sala de jantar, lavabos, quando bem planejados podem valorizar paredes que precisam ter destaque. Normalmente nomeia-se apenas uma parede para receber o revestimento, porque se for aplicado em mais que uma parede, talvez cause uma sensação de muita informação”, explica Lanatovitz.

 

Além disso, a decoradora aponta para os benefícios de uma boa iluminação para proporcionar efeitos de luz e sombra atrativos criados pelas formas do revestimento 3D. “Esta é a principal vantagem! E pode ser aplicado em alguns ambientes estratégicos da casa como living, sala de jantar e lavabos”, reforça. Outro ponto para a estética é a grande variedade de opções no mercado, seja para áreas internas, molhadas ou externas.

 

Outro benefício, é a praticidade de instalação e manutenção. Isso porque as peças são instaladas sem sujeira, sendo necessário apenas colar o revestimento 3D na parede. E é fácil manter as placas limpas, ao passar um pano úmido. 

 

Quais os cuidados ao utilizar esse tipo de revestimento?

 

Para Silmara Lanatovitz,  a questão principal para se ter um painel perfeito é que ele seja muito bem executado. “Utilizar nível é primordial, pois qualquer mínima tortura pode prejudicar todo o efeito que se espera como resultado final. É muito importante observar se houver que ser rejuntado as emendas, como deverá ser executado ”, alerta. 

 

Outro ponto de atenção é que os elementos 3D, normalmente são mais espessos, então tem que se levar em consideração as dimensões do espaço, para que ele não tome a área de onde ele irá ficar.

 

Os revestimentos 3D podem ser de vários acabamentos: pedra, madeira, gesso, cimentação ou fibra. Além da aplicação em áreas internas, podem compor também as externas, o que leva modernidade para dentro e fora do edifício. “O arremate final bem feito é o que irá dar o efeito principal de painel. Se for de peças pequenas, normalmente são telas, quando as peças são maiores, são peças individuais”, conclui a arquiteta.

 

A Incenor possui diversos modelos de revestimento 3D, com muitas opções de acabamentos para destacar a parede de todos os ambientes, dentro e fora da casa.

Conheça os revestimentos 3D da Incenor e descubra qual o ideal para a sua obra: https://www.incenor.com.br/produtos#!?lançamento=false ordem=1 itens=6