Quais são os tipos de pisos cerâmicos?

18 jan 2023

No mercado existem centenas de opções e uma grande variedade de tipologia de pisos e revestimentos cerâmicos. São diversos produtos, com variações de tamanhos, formatos, texturas e desenhos exclusivos que mais se parecem com obras primas. Sendo assim, é de fundamental importância entender as principais características das cerâmicas.

Esse conhecimento permitirá que você faça a melhor escolha para atender as suas necessidades, considerando não apenas a estética, como também a funcionalidade, durabilidade, tratamentos e a indicação adequada dos revestimentos para cada ambiente.

Saiba quais são as classificações de qualidade dos pisos cerâmicos

Os produtos do Grupo Fragnani passam por um rigoroso e atento processo de classificação até chegarem aos clientes finais, fazendo com que isso seja mais um de seus diferenciais. Essa etapa serve para classificar os produtos e excluir peças que não estejam em acordo com a política de qualidade. 

A primeira característica dos tipos de pisos cerâmicos é a resistência que o material oferece. Confira quais são as principais classificações que existem no mercado a seguir.

Piso cerâmico tipo A

Esses são os modelos premium dos tipos de pisos cerâmicos. Para que o produto seja classificado como “A”, 95% ou mais das peças, não devem apresentar defeitos visíveis à distância de um metro. E além disso, contam com garantia oferecida pelos fabricantes.

Piso cerâmico tipo B 

O produto classificado como “B”, são modelos que apresentam defeitos visíveis acima do limite estabelecido pela norma, portanto, não possuem garantia de fábrica.

Piso cerâmico tipo C

O produto classificado como “C”, são modelos que apresentam avarias e defeitos visíveis mesmo à distância superior a um metro, portanto, não possuem garantia de fábrica.

Piso cerâmico tipo D

Esses são os modelos mais simples dos tipos de pisos cerâmicos que, além de terem defeitos visuais grotescos nas peças, não possuem garantia de resistência. Importante: o Grupo Fragnani não trabalha com essa classificação nos produtos.

Quais são os tipos de cerâmica?

Saber quais são os tipos de cerâmica é um ponto importante na hora de escolher os revestimentos da sua casa. 

As placas cerâmicas são geralmente constituídas por 3 camadas: a base (argila prensada); o engobe, com a função de impermeabilização; e o esmalte, uma camada que além de contribuir para a proteção, ajuda a determinar a tipologia ou tipo de acabamento que iremos oferecer ao produto. Existem dois principais tipos de cerâmica no mercado:

Cerâmica tradicional

A cerâmica tradicional é aproveitada em diversos revestimentos, desde azulejos até vasos para cultivar plantas e flores. A produção dos tijolos também é assim, como qualquer outro objeto que não exige muita sofisticação.

Cerâmica avançada

A cerâmica avançada é obtida a partir da matéria-prima mais purificada, que pode ser a mesma que dá origem à cerâmica tradicional, mas que está em um estado maior de pureza, ou seja, com grande suporte tecnológico, o qual propicia atender aos mais variados tipos de ambientes, tanto para pisos quanto para paredes. Destacam-se nesse caso, os produtos semi-grês, com excelente custo-benefício e que entregam sofisticação e qualidade técnica superior à cerâmica tradicional.

Quais são os tipos de acabamentos dos pisos cerâmicos?

Pisos e revestimentos cerâmicos possuem as mais diversas e variadas formas de acabamentos e essa grande variedade faz com que ele possa ser aplicado em todos os tipos de ambientes. Entretanto, é preciso considerar fatores como características do local, praticidade, textura e estética para escolher o acabamento ideal. A seguir, veja as opções:

Acetinado

Também conhecido como mate, natural ou fosco, esse é aquele acabamento que não brilha. Sua indicação é para áreas internas secas ou molhadas, como banheiros e cozinhas, bem como para áreas externas que tenham cobertura, como varandas.

Brilhante

As cerâmicas brilhantes são alvo de desejo no mercado. O brilho das peças se dá pela aplicação de uma camada de esmalte brilhante. As opções de cerâmica com brilho dispersam mais a luz, fazendo com que os ambientes fiquem ainda mais claros com sua aplicação.

Polido

O acabamento polido é aquele que recebe um polimento mecânico. Esse processo proporciona um efeito estético bem parecido ao cristal, com efeito espelhado. Certamente, é o acabamento ideal para a reprodução de mármores.

A indicação de uso do piso cerâmico polido é para áreas internas, ou seja, apenas ambientes secos, pois se torna muito escorregadio em contato com água.

Dry Tech

Esse acabamento também é conhecido como antiderrapante, não apresenta brilho, tem uma textura bem mais áspera e aderente em contato com água. Por isso, é indicado para áreas externas e até mesmo para áreas de piscina, pois proporciona mais aderência e reduz os riscos de escorregões e quedas.

Soft Touch

Mais novo no mercado, o soft touch possui um acabamento sem brilho. Traz uma textura extremamente sedosa e suave ao toque. A recomendação é para diversos ambientes, indicados principalmente para ambientes internos secos ou molhados desde que possuam cobertura, como varandas.

Quais são as vantagens de escolher a cerâmica para o piso residencial?

Pisos e revestimentos vão muito além de sua proposta funcional, que é revestir. Essas peças possuem resistência, durabilidade e a capacidade de valorizar cada ambiente.  Sendo assim, existem grandes vantagens em escolher pisos cerâmicos para a sua casa, veja a seguir:

  • Variedade de modelos

Os tipos de pisos cerâmicos possuem uma variedade excelente de modelos, ajudando a colocar a criatividade em prática na hora de pensar na decoração de sua casa! Existem modelos de cerâmica estampada, que imitam outros materiais como madeira, pedras e concreto, por exemplo.

  • Resistência

Os tipos de pisos cerâmicos têm uma variedade de resistência que permite sua utilização em todos os cômodos de sua casa. Basta que você escolha o tipo ideal a partir da funcionalidade e do uso de cada espaço.

  • Preço acessível

Há muita procura das cerâmicas devido seu ótimo custo-benefício, quando comparadas a outros tipos de revestimentos. Do mesmo modo, a instalação costuma ser mais simples e, consequentemente, mais barata.

  • Durabilidade

Os pisos de cerâmica são escolhas duráveis e podem resistir até 20 anos se instalados corretamente e em lugares apropriados. Porém, é fundamental que o assentamento das placas seja feito de maneira correta para garantir sua durabilidade.

  • Facilidade de limpeza

É muito simples limpar e cuidar de um revestimento cerâmico: basta evitar as esponjas de aço e o uso de ácidos ou abrasivos. Ao invés disso, utilize apenas uma esponja macia com água e detergente neutro. No entanto, é preciso focar também no rejunte para não o deixar encardido, especialmente os brancos.

  • Segurança

Placas cerâmicas não são inflamáveis, portanto, diferentemente de alguns revestimentos que utilizam compostos como PVC, madeira e outros materiais, não propagam fogo e são excelentes isolantes térmicos.

Deixe o seu comentário

3 comentários em “Quais são os tipos de pisos cerâmicos?”

  1. DESENVOLVIMENTO DE SITES
    Agência com Mais de 20 Anos de Experiência em Criação de Sites e Projetos Personalizados.
    Proposta Personalizada, Prazo de Pagamento Facilitado

    *Sites
    *Logos
    *Vídeos
    *Mascotes

    Faça ja seu orçamento sem compromisso

    Grupofragnani

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdos relacionados

Gostou do conteúdo? Compartilhe!