Porcelanato ripado: como usar esse revestimento em sua decoração

O efeito de madeira ripada utilizado em painéis é uma tendência que tem ganhado o gosto dos arquitetos, designers e profissionais de decoração, pois é possível criar ambientes versáteis e também utilizá-lo em diferentes superfícies, criando um ambiente moderno e sofisticado ao mesmo tempo, tanto para espaços comerciais ou empresas quanto para casas e apartamentos.

Entretanto, um dos impeditivos é o custo por conta da utilização de madeira nobre como a Imbuia, Freijó e Cumaru. Neste caso, vale ressaltar também a importância de ter atenção com relação às certificações de madeira utilizadas no painel adquirido. O revestimento cerâmico ou porcelanato ripado é uma alternativa simples e prática ao painel ripado e que tem caído no gosto dos amantes de decoração, afinal, ele é muito resistente e duradouro para trazer um toque de elegância no recinto de maneira bem prática.

Esse tipo de revestimento pode ser utilizado tanto em decoração de estabelecimentos comerciais quanto em escritórios, cozinhas, quartos, home office, salas de jantar e até mesmo em banheiros que são alguns dos ambientes que podem ser transformados pela utilização do painel ripado.

porcelanato-ripado-tecnogres-amb_PHD27000R-decorar
código do produto: amb_PHD27000R

Porcelanato ripado na decoração: benefícios e características

De acordo com Giancarlo Del Grande – que vive nos EUA e trabalha como Landscaper Designer com mais de 10 anos de experiência em design de interiores, sócio criador do canal do YouTube de design de interiores Tree in the Box, o porcelanato ripado é uma excelente alternativa na substituição da madeira nobre na hora de decorar, pois ele possui efeito tridimensional que simula perfeitamente ripas de madeira.

Ele é feito com cerâmica, o que proporciona várias vantagens em relação ao uso da madeira, como a durabilidade, fácil manutenção, menor preço, e grande variedade de modelos e cores. “As peças de porcelanato ripado podem ser aplicadas em paredes, painéis e áreas úmidas, e sempre permitem um acabamento impecável e elegante, para quem gosta de madeira na decoração”, ressalta.

Pode ser aplicado tanto em áreas internas como externas. Nas áreas externas tem a vantagem de ser resistente a sol e chuvas, e, portanto, mantém o aspecto amadeirado sempre atual e sem desgastes causados pelo tempo. “Como designer de interiores há mais de 10 anos, eu sempre coloco madeira em meus projetos e nem sempre é possível variar certos acabamentos e tons de cores, além de ter uma limitação da aplicação da madeira em áreas úmidas”, destaca.

Principais cuidados com o revestimento em porcelanato ripado

 

O porcelanato ripado é uma solução para algumas dificuldades, como dúvidas com relação a origem da madeira utilizada no painel ripado. “Além de conferir um acabamento perfeito e simétrico, há uma variedade de cores que podem ser utilizadas, o que facilita na combinação de cores de outros elementos da decoração, como cortinas, tapetes, almofadas, etc.”, complementa.  Esse revestimento sempre confere um aspecto de elegância e modernidade aos ambientes, desde que seja usado como “accent“, para acentuar alguma parede ou área do ambiente.

Entretanto, pensando no lado negativo, se o uso do porcelanato ripado for exagerado, o ambiente poderá ter um aspecto de sobrecarregado, e aí o resultado não fica bom. Ainda de acordo com o especialista, como qualquer outro tipo de revestimento em porcelanato, a aplicação deve ser feita por profissionais qualificados, e o alinhamento das peças tem que ser perfeito, para que o efeito de ripas de madeira seja obtido. “Se as peças estiverem desalinhadas, por exemplo, o resultado pode ser desastroso para uma boa decoração”, orienta.

Em relação aos principais cuidados após a instalação, o primeiro passo é seguir todas as recomendações do fabricante sobre que produtos de limpeza podem ser utilizados, para não danificar o efeito ripado e nem a estrutura 3D. “Diferente da madeira, que requer um frequente polimento, envernizamento e selante, o porcelanato ripado costuma ser mais acessível e prático, pois não precisa deste tipo de manutenção”, finaliza.

 

Confira também 7 mitos e verdades sobre o revestimento cerâmico:

https://www.grupofragnani.com.br/blog/mitos-verdades-revestimento-ceramico/