O que é e como funciona o Pix

 

Hoje, falaremos de um tema bem interessante para a gestão financeira do seu negócio, o Pix, pagamento instantâneo criado pelo Banco Central (BC), com objetivo de realizar transferências entre contas de diferentes instituições em segundos, 24 horas por dia e 7 dias por semana. Continue lendo para saber por que adotar esse meio de pagamento na sua loja.

 

 

Vantagens do PIX

 

Além de ser um meio de pagamento seguro, prático e rápido, no qual transferências de contas corrente, poupança ou pré-paga podem ser recebidas automaticamente, segundo o Banco Central, o Pix ainda promove a inclusão financeira dos consumidores, acelera a eletronização do varejo em meios de pagamento, assim como a sua eficiência; promove maior competitividade para os negócios, além de responder às deficiências dos meios de pagamento eletrônicos disponíveis atualmente.

“Em função do custo e da velocidade de pagamento, é essencial adotar o Pix como meio de pagamento na loja de materiais”, comenta Afonso Carlos Braga, professor de Gestão Empreendedora do Instituto Mauá de Tecnologia (IMT). Existem alguns questionamentos em relação à segurança, e neste caso vale a pena o investimento em sistemas de controle de segurança para a tratativa de dados em geral da loja, seguindo as orientações da LGPD (Lei Geral de Proteção de Dados). “Mas no geral, o Pix é bastante seguro para o lojista”. De acordo com o Banco Central, o sistema conta com camadas de segurança que envolvem a autenticação de dados, a rastreabilidade de transações e o tráfego seguro das informações.

“Muitas vezes, vale mais a pena a loja trabalhar com débito do que com crédito, já que o custo da operadora de cartão na opção de crédito é mais alto em vista do débito. No caso do Pix, o custo dessa operação passa a ser menor, e até mesmo inexistente em alguns casos, tornando-se assim mais competitiva do que o débito”, conta Afonso.

Para os recebedores, o custo de aceitação é baixo comparado a outros meios, além dos recursos estarem disponíveis imediatamente após o pagamento, reduzindo a necessidade de crédito. Além de ser indicado para lojas físicas, incluir uma opção de pagamento por Pix na sua loja online de materiais também pode ser atrativa, tendo em vista que com custos menores, você, lojista, pode oferecer um desconto especial para clientes que pagarem por esse meio.

Com pagamentos feitos via Pix, realizados de maneira segura e instantânea, é como se você lojista recebesse a quantia em espécie, mas transferida eletrônica para a sua conta. Além da segurança eletrônica, o Pix também é uma opção interessante para movimentar uma quantidade menor de dinheiro em espécie dentro da loja, reduzindo assim riscos de roubos ou furtos ou a necessidade de troco, por exemplo. Em lojas de materiais, ainda é comum que certos clientes prefiram realizar pagamentos à vista, e o Pix entra, inclusive como uma alternativa de incentivo para que os clientes façam a transferência eletrônica e instantânea.

 

Como usar o Pix na minha loja de materiais?

Comece escolhendo a conta em que deseja receber os pagamentos via Pix. Como você pode ter mais de uma instituição, é interessante avaliar os custos e as tarifas de cada uma delas. Os métodos de pagamento oferecidos pelo PIX são o QR Code ou a Chave Pix, essa última terá seu CNPJ, número de celular, e-mail ou um número aleatório gerado pelo sistema. No caso de lojas online ou com sistemas automatizados, consulte o suporte técnico para realizar a integração via API.

 

Além dos pagamentos imediatos, o PIX pode ainda ser utilizado como alternativa para boletos por meio do instrumento Pix Cobrança, que permite a realização de pagamentos com datas de vencimentos a serem definidas e, inclusive, informações como descontos, juros, multas, entre outros.

 

A importância de divulgar o Pix na sua loja

Agora que você já sabe as vantagens e facilidades de incluir o Pix como meio de pagamento no seu negócio, não se esqueça de divulgá-lo e destacá-lo entre os demais meios aceitos. Para maior conveniência, você poderá imprimir um QR Code e disponibilizá-lo ao lado do caixa, para que o cliente selecione essa opção e faça a leitura no celular. Neste caso, o lojista poderá informar o valor, ou poderá pedir para que o cliente digite.

 

O lojista também pode gerar um QR Code específico para cada compra, ou deixar à vista dos clientes o número do seu CNPJ ou telefone celular para que realizem o pagamento imediato