Como escolher a argamassa colante ideal para revestimento

Sabia que a escolha da argamassa colante é tão importante quanto a escolha do revestimento? Isso porque, mesmo que você conte com revestimentos cerâmicos, por exemplo, que respondam às suas expectativas em termos estéticos, de qualidade e durabilidade, não dedicar uma atenção especial para a escolha da argamassa pode comprometer o resultado final.

 

Mas não se preocupe, pois a seguir traremos dicas para que você chegue à loja de materiais com a lição de casa feita sobre esse assunto.

 

Tipos de argamassa colante

A escolha da argamassa correta varia a depender de questões, como se será aplicada em ambiente interno ou externo, tipos de superfícies – piso ou parede, além de ser necessário considerar as variações de temperaturas, assim como se os ambientes são molhados ou molháveis e também o tamanho das peças. Confira a seguir quais são os principais tipos de argamassas colantes industrializadas para a obra da sua casa.

 

 

1 – ACI

A indicação de uso da classificação ACI é para ambientes internos. As peças de cerâmica podem ser assentadas com essa argamassa colante, garantindo boa resistência também à variação de temperatura e umidade em ambientes internos molháveis, como o banheiro, a cozinha ou a área de serviço.

 

2 – ACII

Esse tipo de argamassa colante é indicado tanto para uso interno quanto para externo. Utilizado em áreas que são submetidas a variações de tempo e umidade, como em pisos e paredes de varandas, lajes, garagens, quintais, entre outras ao ar livre.

 

3 – ACIII

Essa classificação oferece alta resistência e aderência, sendo assim, o seu uso é recomendado para assentar peças de cerâmica ou porcelanato em áreas que recebam maior impacto de temperatura e umidade, como em churrasqueiras, saunas e piscinas de água quente.

 

Ou seja, antes de escolher a argamassa colante, se atente a três características básicas: superfície e ambiente de aplicação, tipo de peça (porcelanato, cerâmica etc.), além da variação de temperatura e umidade da área a ser assentada.

 

Dicas para não errar na escolha:

“Todos os fabricantes de argamassa já indicam em suas embalagens as características e os usos de seus produtos”, orienta Celso Afonso Cabana Prado, arquiteto e especialista em marketing de varejo. Para não depender apenas do vendedor, pesquise antes de sair de casa as indicações de uso e as especificações dos principais fabricantes do mercado.

Celso também reforça que: “a argamassa colante para uso interno não pode ser usada para uso externo, pois não resiste a intempéries (chuvas, sol etc.). Já a para uso interno ou externo, não serve para piso sobre piso, pois não resiste à retração e à tração dos materiais. Argamassas cinzas não são recomendadas para revestimentos claros, pois elas filmam (transparecem) com o tempo o revestimento, ou seja, mancham. Enquanto as argamassas brancas são sempre recomendadas para pisos claros”, completa.

 

Revestimento cerâmico para parede: principais cuidados e manutenção