Como preparar a sua loja para vender online na Black Friday 2022

11 nov 2022

Nos últimos anos, muitos negócios ampliaram os seus canais para vender online, até por conta da mudança de comportamento do público, onde as compras online passaram a fazer parte do dia a dia de muitas pessoas – mudança de hábito que continuou mesmo com a volta das ações presenciais. Principalmente quando se fala em campanhas como a Black Friday, é essencial ter presença no ambiente on-line. Entretanto, esse pode ser um grande desafio para os pequenos lojistas de materiais de construção.

De acordo com o relatório elaborado pela Ebit | Nielsen, 46ª edição do Webshoppers, o maior relatório sobre e-commerce do Brasil, o comércio eletrônico brasileiro atingiu 118,6 Bi em vendas no fechamento do 1º semestre de 2022, apresentando assim um crescimento de 6% se comparado ao mesmo período do ano anterior. Diante de tal cenário, é possível pensar em grandes oportunidades de expansão para os marketplaces brasileiros nos mais variados setores.

De acordo com Elaine Satomi, especialista em marketing e empreendedorismo que possui um canal no Instagram chamado @empreenda_360, o primeiro passo para começar a vender online é entender a necessidade de estar presente no ambiente digital e ter conhecimento sobre as ferramentas adequadas, além de um conhecimento profundo acerca do seu público a fim de solucionar as suas “dores”. Porém, para saber qual a solução ideal para o problema do seu cliente, é essencial fazer uma pesquisa aprofundada para daí, só então, apresentar uma solução que faça sentido de verdade para esse consumidor. “Após essa definição, o dono da loja pode começar a escolher a plataforma, bem como seus fornecedores e os meios de pagamento, como será realizada toda a logística de entregas e devoluções, além, é claro, de pensar em sua identidade visual e as estratégias de marketing”, orienta.

Veja como a sua loja de materiais pode começar a vender online

O ano de 2022 foi marcado por grandes desafios devido ao atual cenário econômico e, apesar das turbulências, o e-commerce se mostrou significativo durante o período e se consolidou como um dos canais essenciais para o consumidor brasileiro, onde podemos analisar o comportamento do público. Entre os meses de janeiro a março, houve um impulsionamento das vendas online resultando no crescimento significativo das vendas totais no e-commerce durante o primeiro semestre de 2022. O Sudeste continua como a região que mais se destaca, concentrando 61% de todo consumo do país.

Com todas as possibilidades que as vendas online oferecem, tanto as grandes marcas quanto os pequenos empresários, principalmente, do setor da construção civil, precisam estar sempre antenados às novidades tecnológicas para estarem preparados para vender online através das diversas ferramentas disponíveis atualmente. Afinal, o boom que foi gerado durante a pandemia, acabou impulsionando também a participação de pequenos lojistas do setor da construção em marketplaces, ainda que tímido, tanto para aqueles que já atuavam – e que precisaram se diferenciar ou ter mais visibilidade – quanto para os novos que passaram a ver neste canal a oportunidade para as suas vendas online.

Dicas para melhorar suas vendas online na Black Friday

Confira abaixo algumas dicas para que as vendas online não sejam um problema para a sua loja de materiais:

  1. Mantenha o seu estoque organizado e tenha o controle sobre tudo aquilo que entra e sai para repor a tempo em caso de falta de algum produto.
  2. Tenha conhecimentos sobre ferramentas online e de marketplaces para auxiliar nas vendas online.
  3. Tenha vendedores capacitados para realizar toda a logística que as vendas online, principalmente durante a Black Friday, necessitam.
  4. Esteja sempre atento com relação às leis e regulamentações sobre as vendas online e também sobre os direitos do consumidor.
  5. A venda online é muito importante, mas o pós venda também é essencial para garantir uma boa experiência do consumidor com a sua loja. Faça pesquisas e procure formas de manter contato com os seus clientes.

Para aqueles lojistas, em especial aquele que tem o foco no setor de materiais de construção, que não possuem tanto conhecimento com relação às plataformas para vender online e não tem interesse em montar uma loja online própria, os marketplaces podem ser uma ótima opção para comercializar os produtos sem a necessidade de montar um centro logístico, especialmente, para os envios. Algumas empresas de renome no mercado, como a Magazine Luiza, tem crescido muito em seu marketplace nos últimos anos e oferece todo o suporte para o empresário cadastrar a sua loja online, além de uma plataforma educativa exclusiva UniMagalu – a maior escola de E-commerce do Brasil, desenvolvida pela ComSchool*  com cursos online para capacitar o lojista com relação a assuntos essenciais no dia a dia da loja, como gestão financeira, logística, precificação, além de outros temas pertinentes para auxiliar o  dono ou o gestor de loja a vender mais tanto nesse período, como durante o ano todo.

Já sabe o que é e para quê serve o omnichannel? Confira aqui: https://www.grupofragnani.com.br/blog/omnichannel-para-os-pequenos-negocios/

Deixe o seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdos relacionados

Gostou do conteúdo? Compartilhe!