5 dicas para contratar fornecedores com segurança

Certamente, os produtos e os materiais de construção oferecidos pelas lojas de materiais são itens primordiais para garantir a visão que os clientes terão do estabelecimento. Uma loja que conta com produtos de marcas com boa reputação, reconhecidos no mercado e que não costumam apresentar muitos problemas, acaba atraindo mais clientes do que lojas que não contam com fornecedores renomados.

Por isto, a etapa de contratação de fornecedores de materiais de construção deve ser considerada uma das mais importantes para os gestores de loja. É durante esta etapa que os lojistas analisam os potenciais fornecedores, verificam a qualidade dos seus produtos, formas de pagamento e também prazos de entrega, além, é claro, das obrigatoriedades presentes no contrato – item extremamente importante para evitar surpresas desagradáveis.

De acordo com o engenheiro civil Humberto Dutra Borges, gerente da área de suprimentos da Consciente Construtora e Incorporadora, é possível fazer algumas consultas em sites públicos para verificar as condições de cada empresa antes de contratá-la. “É possível fazer uma consulta no Cadastro Nacional de Empresas Punidas (CNEP). O CNEP apresenta a relação de empresas que sofreram qualquer das punições previstas na Lei nº 12.846/2013 (Lei Anticorrupção)”, destaca. “Serve como instrumento de controle social por permitir o acesso a dados sobre acordos de leniência firmados pelas empresas com o poder público. É possível consultar o detalhamento de sanções como multas, perda de bens, suspensão de atividades e dissolução compulsória, entre outras”, complementa o gerente.

 

Confira 5 dicas para contratar fornecedores de forma segura:

  1. Consulta no site da Receita Federal: é possível verificar o status da empresa junto à Receita – permite saber a situação financeira da empresa, se ela possui um histórico positivo de pagamentos e se enfrenta processos judiciais ou possui dívidas tributárias. Esses indicativos podem evitar golpes, fraudes ou problemas com o fornecimento, e também servem de garantia de recebimento dos serviços ou produtos adquiridos.

 

  1. Consulta no PBQP-H (Programa Brasileiro da Qualidade e Produtividade do Habitat): funciona como garantia de que a empresa trabalha para melhorar a qualidade de seus produtos e serviços e está atenta a questões como qualificação da mão de obra, adoção de tecnologias inovadoras, práticas sustentáveis entre outras.

 

  1. Consulta no Cadastro Nacional de Empresas Inidôneas e Suspensas: outro ponto importante é analisar o cadastro da empresa. A Lei 12.846/2013 (Lei Anticorrupção) trouxe a obrigatoriedade para os entes públicos, de todos os Poderes e Esferas de Governo, de manter o Cadastro atualizado. “Este cadastro reúne empresas que sofreram sanções que restringiram o direito de participar de licitações ou de celebrar contratos com a Administração Pública. O banco de dados no Portal da Transparência serve para mostrar se a empresa tem alguma sanção, o que pode indicar problemas ou práticas ruins em sua gestão”, explica o gerente de suprimentos.

 

  1. Análise dos detalhes de contrato: outro item importante é analisar os detalhes que constam no contrato da companhia. A forma de pagamento combinada, se há parcelamento ou não, tempo máximo para o recebimento dos produtos na loja (item primordial pensando que as lojas de materiais sofreram por um período de ruptura com alguns tipos de indústrias de materiais). Todos estes itens devem estar previamente combinados e é importante que o lojista pense no giro do seu estoque na hora de fazer esses acordos.

 

  1. Consulta em sites de reclamações: verificar sites como Reclame Aqui e também o Procon é fundamental para saber se os consumidores passam por problemas constantes com o fornecedor que você deseja contratar e também analisar como é a devolutiva dele com relação aos problemas. Se há algum tipo de necessidade de troca de produtos, este fornecedor atenderá seu cliente? É importante verificar todos estes itens na hora de ter certeza se aquela marca será bem recebida pelos seus clientes.

 

O layout de loja é extremamente importante para melhorar suas vendas. Confira neste infográfico como otimizar seus espaços: https://landing.grupofragnani.com.br/como-estruturar-o-seu-layout-de-loja