Descolamento e outros inconvenientes na aplicação de revestimentos e como evitá-los

29 dez 2022

Estamos chegando na reta final do ano, que costuma ser uma época de muitas reformas, pois é quando as pessoas possuem mais tempo livre para decidir dar um retoque no ambiente ou consertar o que está quebrado. 

Um produto muito escolhido para reformas e que faz diferença na decoração é o revestimento, já que é versátil, pode ser aplicado tanto em pisos como em paredes, e é inspirado em diferentes materiais e estampas.

Porém, a aplicação dos revestimentos necessita de cuidados específicos para garantir a durabilidade e um resultado adequado na reforma.

Confira mais detalhes técnicos sobre como evitar descolamento de revestimentos em construções e reformas.

Cuidados para evitar problemas futuros com revestimentos

A escolha de um bom revestimento é fundamental para que não se tenha problemas futuros, não só com o desplacamento, mas também com manchas e empenamentos, por exemplo. 

Algo que muitas vezes pode passar despercebido, são as instruções de uso na embalagem do produto. É importante sempre estar atento a esse detalhe para que o uso seja adequado.

Sabendo e conhecendo as características de cada tipologia de revestimentos cerâmicos, o construtor deve também conhecer as características e propriedades dos demais componentes e exigir igualmente a garantia das propriedades estabelecidas normativamente, além de assegurar a compatibilidade entre eles, já que serão utilizados em conjunto, bem como executar rigorosamente a aplicação.

Instruções para uma aplicação satisfatória

Um bloco estrutural possui absorção muito mais alta que a maioria das tipologias de revestimentos cerâmicos comumente utilizados, e tendo como exemplo o revestimento aplicado diretamente sobre este bloco, alguns fatores devem ser observados:

  • Em qual estágio de pavimento a obra se encontra, visto que, normalmente estão sendo executados acima e os revestimentos cerâmicos já estão sendo aplicados, ou seja, a estrutura ainda está sofrendo movimentações (cura e carga);
  • Obrigatoriedade de umidificar o substrato a fim de retardar a secagem da cola espalhada e restar umidade e polímeros para o corpo cerâmico também ancorar;
  • Preparo da mistura na quantidade e proporção designada pelo fabricante/unidade fabril da cola – água e pó – tempo de descanso, e utilização dentro dos prazos estabelecidos também pelos fabricantes nas devidas condições de obra (temperatura e vento);
  • Qualidade da cola, buscando melhor custo-benefício, e não somente custos como geralmente ocorrem. Argamassa mais flexíveis contribuem no desempenho, principalmente de multi-pavimentos, pois a cola exerce papel importantíssimo, onde fará a ligação entre componentes de característica distintas (substrato e placa cerâmica), além de ter que suportar a tensões construtivas;
  • Aplicação da dupla colagem para placas acima de 900cm²;
  • Esmagamento total dos cordões de argamassa colante, caracterizando impregnação do tardoz (verso da placa);
  • Respeito às juntas adjacentes e dessolidarização;
  • Respeito ao tempo mínimo de secagem da cola antes de aplicar o rejuntamento;
  • Evitar trafegar sobre as placas recém assentadas, para não provocar efeito alavanca e romper os capilares de ancoragem.

Lembre-se que seguir à risca estas solicitações garantirá sempre a melhor performance do que se espera de um sistema de revestimento aderido. A placa de revestimento cerâmico não é autocolante, mas precisa ser compreendida como parte do revestimento final, e, sendo o trabalho bem executado, contribuirá para o conforto antropodinâmico do ambiente.

Você sabia que os produtos do Grupo Fragnani possuem o selo de Conformidade de Produto? 

Para garantir ainda mais qualidade e autoridade no ramo de revestimentos, o Grupo Fragnani é um empresa que se compromete com requerimentos legais estabelecidos.

O certificado de conformidade é um documento exigido para comercializar produtos no Brasil. Ele garante que o produto possui pré-requisitos de segurança, funcionalidade e qualidade.

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) é o órgão responsável por emitir o certificado de conformidade. Trata-se de uma autarquia federal brasileira, no formato de agência executiva, vinculada à Secretaria Especial de Produtividade, Emprego e Competitividade, do Ministério da Economia.

O que achou do nosso conteúdo? Se você está planejando uma reforma, confira os produtos da marca nos catálogos completos e atualizados

Deixe o seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdos relacionados

Gostou do conteúdo? Compartilhe!