Como funciona a análise visual de revestimentos?

19 dez 2022

Na hora de escolher um revestimento, seja para piso ou parede, existem vários fatores para se ponderar. Habitualmente, o que mais pesa na decisão são as suas características estéticas, como tons e relevos. 

Por isso, analisar visualmente o material é uma prática comum para quem está adquirindo um revestimento. 

 

Por quê podem ocorrer desvios visuais em revestimentos? 

Durante o processo de fabricação, vale lembrar que as matérias primas dos revestimentos são de origem natural, e, eventualmente, podem ocorrer pequenos desvios que são observados e controlados por inspeções regulares.

Ainda mais tratando-se do revestimento cerâmico, um composto derivado de argilas e de outros elementos inorgânicos, que participa de processos como prensagem e queima em alta temperatura. 

Acuidade visual

Você já notou como os nossos olhos são capazes de perceber detalhes, às vezes, mesmo que sutis? Essa capacidade é a acuidade visual e ocorre quando conseguimos identificar a forma e contorno de objetos ou imagens.

Assim, ao analisar um revestimento, nossos olhos podem se deparar com pequenos desvios de qualidade. Naturalmente, existe um percentual aceitável de tais desvios, que permite seu consumo sem causar nenhum problema.

 

Como medir os pequenos desvios

Vamos entender como se dá o percentual aceitável de pequenos desvios de qualidade?

Na seleção dos revestimentos cerâmicos, há todos os controles possíveis do processo e classificação, mas dentro da acuidade visual, algumas placas podem apresentar pequenos desvios de qualidade visual. 

Segundo normas técnicas que os fabricantes devem seguir (ABNT NBR ISO 13006 e 10545), a análise visual é realizada com distância de 1m do painel, e o observador não deve ser a mesma pessoa que montou o painel, pois assim visualizaria qualquer divergência numa distância muito menor e desclassificaria o produto por algo que não é considerável.

Assim, eventuais pontinhos, pintas, não são considerados defeitos ou vícios, por não comprometerem a destinação do revestimento na sua aplicação.

Em caso de serem encontradas placas cerâmicas com divergência de qualidade em distância mínima de visualização de 1m, deve-se também nos ater a quantidade, pois são considerados passíveis de assistência técnica e/ou orientação quando a quantidade for maior que 5% do adquirido. As placas com pequenos desvios devem ser separadas e utilizadas em recortes.

 

Grupo Fragnani: revestimentos cerâmicos vantajosos

Um dos segredos para aproveitar ao máximo os benefícios do revestimento cerâmico é levar em consideração a qualidade do material. Você sabia que o Grupo Fragnani preza por sofisticação e qualidade? 

Há uma variedade de estilos, além de apresentarem vantagens como alta durabilidade. Escolha nosso material para compor os seus espaços. 

 

Deixe o seu comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Conteúdos relacionados

Gostou do conteúdo? Compartilhe!