Dicas para contratar pedreiro para a sua reforma

Em uma reforma, seja ela de casa ou apartamento, é necessário um certo cuidado na hora de contratar os serviços de um profissional da obra, pois esse tipo de serviço exige mão de obra capacitada, mais especificamente, de um bom pedreiro. Como contratar um profissional da obra não é uma tarefa fácil, é importante sempre buscar referências anteriores com quem já contratou o serviço.

Durante a pandemia do coronavírus, o setor da construção civil foi um dos que menos sentiu os impactos e continuou operando quase que normalmente. Puxado por pessoas que passaram a ficar mais tempo em suas casas e, consequentemente, realizando pequenas obras e reparos. Por outro lado, o aumento no custo dos materiais tem sido um empecilho para quem quer contratar serviços de pedreiro, por exemplo, pois esse custo aliado a escassez da mão de obra, costumam ser repassados para o cliente final.

 

Primeiros passos na contratação de profissional da obra

 

Lúcia Rodrigues, por exemplo, que atuou durante muitos anos como professora da rede pública e é a responsável pela compra dos materiais das reformas que faz, conta que já fez diversas ao longo dos anos em que mora na mesma casa. De acordo com a sua experiência, é preciso ter muito cuidado para contratar pedreiro e evitar dores de cabeça. “Na hora de contratar um profissional para realizar uma reforma, muitas pessoas sentem receio, pois pensam que o processo é difícil e também existem outros empecilhos como o custo do material, que está caro”, conta.

Esse profissional, além de ser cada vez mais requisitado, também costuma estar sempre com a agenda lotada, pois as pessoas sempre precisam de um bom pedreiro que seja de confiança para fazer uma reforma ou realizar pequenos reparos a serem realizados em casa. A primeira coisa é chamar o pedreiro e avaliar a quantidade de material, o que ele precisa comprar e quanto vai ficar o serviço. “Só que sempre aparecem outras coisas no meio do caminho, como uma pintura ou algum reparo”, destaca.

Lúcia ressalta ainda que conta com um profissional da obra de confiança que conhece há muitos anos, mas ressalta a importância de levar alguns pontos em consideração na hora de escolher um pedreiro, como questões de comportamento e que tenha compromisso com as suas entregas. “A indicação é sempre muito importante, pois vamos colocar alguém dentro da nossa casa, então sempre pergunto para conhecidos como é o trabalho e o comportamento. Não dá pra colocar qualquer pessoa dentro de casa”, orienta.

Como funciona a compra de materiais e equipamentos para o pedreiro

Ainda de acordo com a entrevistada, com relação a compra de materiais, o profissional passa uma lista e ela faz a compra de acordo com as marcas de preferência: “eu sempre prezo primeiro pela qualidade e em segundo plano o preço, pois em uma reforma é importante a durabilidade desse material”, ressalta.

Um ponto importante é ter sempre o controle daquilo que está sendo realizado. “Eu tenho um caderninho onde vou colocando os gastos com materiais, o que foi realizado de trabalho, algo bem caseiro mesmo para ter esse controle”, conta. Ela complementa ainda que o pedreiro contratado regularmente por ela, costuma trabalhar por metragem, então ele passa o valor de acordo com isso e a precificação é feita por trabalho e não por dia. “Eu prefiro saber quanto vai ficar o custo fechado por trabalho”, complementa.

Além disso, a ex-funcionária pública costuma sempre acompanhar de perto o trabalho desse profissional para que seja feito tudo de acordo com aquilo que foi previsto no momento da contratação. Outro ponto essencial é observar se esse pedreiro está utilizando os equipamentos de proteção. “Geralmente, ele mesmo traz o seu equipamento, como óculos e bota, mas caso necessite de um andaime ou algo do tipo, ele me passa para alugar”, finaliza.

Gostou das dicas? Agora que já sabe mais sobre como contratar um bom pedreiro para a sua obra, aproveite para aprender a instalar o revestimento:

http://https://www.youtube.com/watch?v=zMdoe8x4Ftw