6 dicas incríveis de revestimento para a cabeceira da cama

Escolher o revestimento ideal para a cabeceira da cama é um desafio para quem não é um especialista da área, mas com poucas dicas práticas você conseguirá fazer a escolha certa para sua casa.

O tipo de cabeceira da cama permitirá que você dê seu toque pessoal ao quarto e realmente sinta que está em uma casa em que se identifica. É um detalhe “pequeno” que faz toda a diferença.

Continue a leitura!

 

O que é revestimento para cabeceira de cama?

O revestimento é uma camada externa constituída por uma aplicação de um material para cobrir a alvenaria (construção, parede). Esse material pode ser feito de azulejo, cerâmica ou, no caso das camas, com pisos de instalação colada.

O cuidado com o revestimento é fundamental para a decoração do ambiente. A escolha errada pode fazer com que todo o quarto fique em desarmonia. Esse material também tem a função de proteger as paredes.

Você pode reaproveitar sobras do piso ou usar piso laminado como revestimento. Entenda a seguir quais são as mais utilizadas e recomendadas para cabeceiras.

 

6 dicas de revestimento para cabeceira da cama

 

1. Sobras de piso

Como já mencionamos no artigo, uma ótima forma de economizar na reforma da sua casa é utilizar as sobras de piso como revestimento.

Talvez seja difícil visualizar como o piso ficaria na cabeceira da sua cama. Então, uma dica de ouro é buscar inspirações no Pinterest de pessoas que usaram essa técnica. Dê uma olhada:


No exemplo da imagem acima, a sobra foi um piso vinílico, um revestimento que abordaremos com mais detalhes nos próximos tópicos.

 

2. Porcelanato que reproduz a madeira

O revestimento de madeira é um material versátil que combina com praticamente todos os estilos de decoração. Existem diversas tonalidades e acabamentos de madeira, o que te dá liberdade para usar a criatividade. 

O porcelanato em madeira é uma excelente opção por ser mais viável para o projeto da cabeceira e também mais econômico, sem contar que existem muitas possibilidades para todos os bolsos e gostos. 

Perceba que a madeira se encaixa com maestria em qualquer ambiente e sempre com um grau elevado de elegância. 

 

 

3. Painéis decorativos

Os painéis decorativos são uma ótima escolha para quem deseja que a parede da cama chame a atenção, porque eles costumam ter mais detalhes do que um piso comum ou uma madeira.

Existem diferentes estilos de painéis decorativos, como aqueles que simulam folhas, formas geométricas, ondas, temas escuros, claros, floridos, e assim por diante. 

Na imagem abaixo, foi utilizado um painel decorativo de gesso.

 

 

4. Piso vinílico

O piso vinílico é feito de PVC, um produto formado por material reciclável de baixo impacto ambiental. Ele é resistente a manchas, riscos, tem boa absorção de ruído e é hipoalergênico (contém poucas substâncias causadoras de alergia). Esse material também tem alta durabilidade e costuma ser resistente à água. 

 

5. Piso laminado

O piso laminado é outro material utilizado frequentemente como revestimento para cabeceira da cama. Ele é feito de eucalipto, madeira de reflorestamento cujas lâminas simulam outros estilos de madeira.

 

6. Cabeceira estofada

A cabeceira estofada também é uma opção extremamente popular, pois dá um toque de conforto e torna o ambiente mais agradável. É possível personalizar a cor do estofado para que combine com o restante da decoração.

No exemplo da imagem abaixo, o estofado está em uma cor rosa que harmoniza com as cores brancas e cinzas do restante do quarto.

 

Bônus: revestimentos para paredes com umidade

Caso a parede da cabeceira da cama sofra com umidade, o ideal é utilizar revestimentos como cerâmicas, mármore, granito, porcelanato e tintas impermeabilizantes.

Esses materiais são conhecidos pela resistência à água e auxiliam nas paredes internas com umidade.

 

Como fazer a escolha certa no revestimento para a cabeceira da cama?

Não existe uma fórmula para escolher o revestimento de cabeceira da sua cama, tudo vai depender do seu estilo, da decoração do quarto e do resto da casa. O ideal é que você já tenha em mente como quer que o quarto fique no final.

Se a maioria dos móveis são brancos, por exemplo, uma cabeceira cinza ou de madeira pode fazer uma ótima combinação. Um estofado branco é lindo, mas pode ser facilmente sujo por crianças.

Pense em quem vai utilizar o quarto, no estilo dos móveis e em como você deseja que a identidade visual do ambiente fique no final. Assim, fica fácil escolher o tipo de revestimento.

Outra dica importante é analisar fotos de revestimento em um site especializado. Você pode encontrar materiais que não imaginava e ter novas ideias!

Se você gostou do conteúdo e gosta de receber dicas de decoração, não deixe de acompanhar as novidades do nosso blog.